barracores

Bronwen Thornton, Walk21 @ZEBRA LiveStudio

Cidades em que as pessoas se sintam seguras e confortáveis para caminhar.

Partilhar artigo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

“O plano de ação da OMS para a Atividade Física (GAPPA) põe o andar a pé no topo lista e isso é uma oportunidade fantástica”, satisfação de Brownen Thornton, Diretora de Desenvolvimento de Políticas, Projetos e Parcerias na Walk21, influente e prestigiada ONG que se dedica a promover mais e melhor andar a pé e a fazer do caminhar uma parte estimulante das deslocações diárias, do divertimento e da boa saúde.


Brownen Thornton viajou a Lisboa para o lançamento do GAPPA e, após um primeiro passeio pela Baixa lisboeta, ficou entusiasmada com o modo como a cidade “tem uma estratégia e está a desenvolver infraestruturas para dar prioridade a quem anda a pé”. Brownen destaca “o cuidado necessário com as travessias nos cruzamentos de ruas e com todo o espaço público de modo a que todas as pessoas que andam a pá se sintam seguras e confortáveis”. Insistiu que “é disso que precisamos, é também isso um dos objetivos da Walk21”. Esta especialista nota a importância de “conjugar e harmonizar a relação entre a casa das pessoas e o trânsito nas ruas e distribuir as paragens de transportes públicos de modo a que as pessoas andem sempre um saudável percurso a pé”.
“A pressão do tempo que tende a ser sempre escasso é um adversário do andar a pé”, reconhece Brownen, que não se cansa de repetir a “importância do andar a pé para o bem-estar de cada pessoa”.

Para conhecer a Walk21, avançar por aqui: https://www.walk21.com/

Tópicos

© Coletivo Zebra All rights reserved